terça-feira, 9 de dezembro de 2008

That's Wonderland!

Já se sentiu num mundo cheio de loucuras e confusões,
onde você é apenas uma garota...?
Uma garota que não pertence àquele lugar!?
Não... isso não é uma música.
É apenas a verdade,
a verdade de como eu me sinto.
Não quero drama, nem crise, nem dor, nem lágrimas!
Não quero sofrer, mas sei que vou.
Se eu pudesse escolher, só sorriria.
E todos os outros também.

Às vezes olho a volta e é como se não me achasse.
Meu mundo é feito de quatro paredes e muita, muita solidão.
Vez ou outra, ela até me cai bem. ;)
Não quero morrer, não tô desistindo, nem cansada da luta diária que a gente tem pra viver... ou melhor, sobreviver.
Só tenho expectativas e e elas se destroem sozinha frente aos meus olhos e eu... não posso fazer nada.

Tudo está assim. Torto. Distorcido. Daltônico.
Conceitos, sim. Muitos deles.
Não, não um mundo de conceitos.
Um mundo de desejos!?

E eu fecho a porta e a tevê da sala está ligada.
Olho a volta. Quatro paredes. Mundo paralelo?
Não, não. Mundo de solidão!
Mundo que muitos desconhecem.
Mundo em que paredes e móveis são teus amigos.
Mundo onde você pode gritar a vontade.
Gritar por dentro. E ninguém vai te ouvir.
Ninguém te resgata. Por mais que você queira.
Dias, tardes e noites se passam assim. Semanas, meses e anos vão embora. À toa!?
Não sei.
Não tente entender. Não que isso seja inexplicável.
Não é. Não é cura de doença, nem luto.
É apenas confusão. Gira, gira, gira, gira...!
Sozinho outra vez!?
Não entenda apenas.
Se você quer tentar, aviso a você: é difícil!

Então... WELCOME! Veja esse mundo que descobri.
Não é dos mais bonitos, nem mais interessantes.
Muito menos mais ricos.
Mas é o único. Único dessa vez.
Esse, é o país das marvilhas!
Meu. Só meu.



*********************
Escrevi há tempos, mas ainda faz sentido.
Ainda é real. Acho que sempre vai ser.


"Be my mirror, my sword....
I know Saint Peter won't call my name."
(Coldplay)

2 comentários:

Igor disse...

eiii..
seu mundo é uma incognita...
nunca saberemos o que se passa nessa sua cabeça brilhante...
o mais engraçado desse texto...
me identifique em algumas partes deles...
vc está de parabénss!!
bjaummm

Sandro Trentinni disse...

Tipo, faço minhas as suas palavras Nathy Oo'